ECF – Escrituração Contábil Fiscal

ECF – Escrituração Contábil Fiscal

A Escrituração Contábil Fiscal (ECF) substitui a Declaração de Informações Econômico-Fiscais da Pessoa Jurídica (DIPJ), a partir do ano-calendário 2014, com entrega prevista para o último dia útil do mês de julho de 2015 no ambiente do Sistema Público de Escrituração Digital (Sped).

São obrigadas ao preenchimento da ECF todas as pessoas jurídicas, inclusive imunes e isentas, sejam elas tributadas pelo lucro real, lucro arbitrado ou lucro presumido, exceto:

I – às pessoas jurídicas optantes pelo Regime Especial Unificado de Arrecadação de Tributos e Contribuições devidos pelas Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Simples Nacional), de que trata a Lei Complementar nº 123, de 14 de dezembro de 2006;

II – aos órgãos públicos, às autarquias e às fundações públicas; e

III – às pessoas jurídicas inativas de que trata a Instrução Normativa RFB no 1.306, de 27 de dezembro de 2012.

Há que se ressaltar que, caso a pessoa jurídica tenha Sociedades em Conta de Participação (SCP), cada SCP deverá preencher e transmitir sua própria ECF, utilizando o CNPJ da pessoa jurídica que é sócia ostensiva e um código criado pela própria pessoa jurídica para identificação de cada SCP de forma unívoca.

Uma das inovações da ECF corresponde, para as empresas obrigadas a entrega da Escrituração Contábil Digital (ECD), a utilização dos saldos e contas da ECD para preenchimento inicial da ECF. Ademais, a ECF também recuperará os saldos finais das ECF anterior, a partir do ano-calendário 2015.

Na ECF haverá o preenchimento e controle, por meio de validações, das partes A e B do Livro Eletrônico de Apuração do Lucro Real (e-Lalur) e do Livro Eletrônico de Apuração da Base de Cálculo da CSLL (e-Lacs). Todos os saldos informados nesses livros também serão controlados e, no caso da parte B, haverá o batimento de saldos de um ano para outro.

Finalmente, a ECF apresentará as fichas de informações econômicas e de informações gerais em novo formato de preenchimento para as empresas.

Fonte: Receita Federal

 

DEMONSTRAÇÕES

Novas Demonstrações contábeis disponíveis:

  • DVA – Demonstração do Valor Adicionado
  • DFC – Demonstração do Fluxo de Caixa (Direto e Indireto)
  • DRE – Demonstração do Resultado do Exercício
  • DRA – Demonstração do Resultado Abrangente
  • DLPA – Demonstração dos Lucros ou Prejuízos Acumulados
  • DMPL – Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido

NOVOS RECURSOS

Novos recursos foram elaborados para facilitar o manuseio de informações no sistema, dentre elas:

  • Possibilidade de abrir o mesmo formulário  duas ou mais vezes para comparação de informações.
  • Nas telas em forma de tabela (grade), você poderá selecionar e copiar o conteúdo diretamente para o Excel e do Excel para o sistema contábil e também de uma tela para outra.
  • Abertura de telas mais rápidas.
  • Redimensionamento das telas.
  • Nova tela para emissão de termos de abertura e encerramento.

Para  atualizar sua nova versão, clique no botão abaixo.


Download

Participe dando a sua opinião nos comentários!

Gostou? Compartilhe com seus amigos...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *